Montevideo: Roteiro de um dia com gastos – por Cristhiane Nery

Montevideo: Roteiro de um dia com gastos – por Cristhiane Nery

Se você tem milhas acumuladas e quer sair do Brasil gastando pouco, tenho uma dica para você: Se fizer uma busca no site da múltiplus, facilmente se encontra passagens por 20.000 pontos ida e volta, o que é mais em conta do que o trecho São Luís – São Paulo (ida e volta). Para ter uma noção, em janeiro desse ano comprei por 21.000 pontos São Luís -Buenos Aires (ida) e Montevideo – São Luís (volta), paguei apenas R$ 336,00 de taxa de embarque. Como me empolguei em Buenos Aires, sobrou apenas 1 dia e meio em Montevideo e vou contar como foi.

Peguei o Buquebus em Puerto Madero em Buenos Aires, uma espécie de ferryboat, quase um navio de cruzeiro com dutyfree e casa de câmbio dentro, me empolguei e troquei todo o meu dinheiro, depois descobrir que foi o pior câmbio (7,90), pois no Centro de Montevideo encontrei cotação de 10 pesos por real, ou seja, fim de viagem e grana curta. Depois continuei a viagem de ônibus de Colônia Del Sacramento até Montevideo( 2:30h de duração).

Cheguei na Rodoviária quinta à noite (13/04/2017), peguei um uber e fui para o Hostel em Pocitos (Rambler, R$ 56,00 a diária em quarto compartilhado com 7 camas), um dos bairros mais badalados de Montevideo, só que não foi bem a realidade encontrada, meu amigo saiu a noite e achou estranho ter pouca gente e muito lugar fechado em uma quinta à noite, apenas no outro dia de manhã descobrimos porque a cidade estava tão tranquila, era semana santa, ou melhor, semana do turismo, muita gente tem a semana inteira de folga e viaja, achei vários restaurantes fechados com aviso “estamos fechados durante a semana do turismo, voltamos dia 17”, logo, muitas coisas fechadas, principalmente museus e prédios públicos. Mesmo assim MDV não podia passar em branco!

No dia seguinte, acordamos às 8:00h, tomamos o café e fomos para o ponto pegar o ônibus (R$ 3,25) e ir para a cidade velha, nossa 1ª parada: Plaza Independência, onde sai o free walking tour (paga só uma gorjeta no final – R$ 10,00), que começou às 11:00h já que era feriado, disponível em espanhol e inglês, sendo que a guia do tour em espanhol, fala um pouco de português e italiano. (Mais informações no site www.curiosofreetour.com.uy).

. O tour começa na própria praça, cada prédio tem uma história peculiar de seus moradores ou dos marcos históricos importantes…

– Palácio Salvo (vista linda da praça, tem tour guiado, quem tiver tempo, dura 1:30 horas).

Mausoléu a José Artigas

Museo de la Casa de Gobierno

Torre Ejecutiva – Presidência (toda de vidro para mostrar transparência)

Puerta de la Cidadela (porta que separa a ciudad vieja com a ciudad central)

Seguindo na rua atravessando o portal, tem a Rua Sarandi, uma parada do tour para mostrar a calçada da fama e umas das maiores livrarias e o Museo Torres Garcia (famoso pintor uruguaio).

De lá seguimos para o Teatro Solis, depois para o Templo Inglés e de lá para Plaza Constituicion, seguido pela Plaza Zabala…

Teatro Solis

Plaza Constituicion

O Tour termina no Mercado del puerto, uma espécie de mercado central, onde, ao entrar, somos invadidos pelo cheiro maravilhoso de comida, com diversos restaurantes e loja de souvenir, onde dá para comprar doce de leite e alfajor.

Voltamos para a Plaza Independência (almoçamos a promo do Burguer King – R$ 20,00) e pegamos a Av. 18 de Julio para a próxima parada (distância: 9 quadras): Fonte de Los Cadeados… não sei se brincaram de telefone sem fio e ouviram fonte ao invés de ponte, mas a história é a mesma das pontes europeias, coloque um cadeado com as suas iniciais e de seu amor e se voltarem à fonte juntos, seu amor durará para sempre S2… Só sei que a fonte é linda e valeu andar as 09 quadras para acha-la, mesmo indo solteira. Ah!, ao lado da fonte tem um restaurante que tem uma estátua de Carlos Gardel, o ícone do tango, sim, também tem tango no Uruguai, dá pra tirar foto batendo papo com ele.

Então atravesse a rua e pegue um ônibus (R$ 3,25) com destino ao Montevideo Shopping em Pocitos e não é para ir as compras, eu estava contando moeda, lembra? O destino é o letreiro Montevideo, me diz quem não gosta de um letreiro? Pois é, desça a rua do shopping em direção à praia, você vai passar na porta do World Trade Center de Montevideo, saindo do histórico para o moderno (tire a foto e coloque na legenda: New York, é você? #sqn). Parada para comprar fruta no comércio (R$ 5,00). Numa rua antes da orla, vire à direita e em poucos metros já se vê o letreiro, que era branco e agora está azul.

Aproveite e tire uns minutinhos para apreciar o entardecer sentado na grama roubando o wifi do quiosque da Kibon ou do hotel que fica na Avenida, se quiser passear na orla, desça e pegue o sentido oposto, você estará em Buceo, contorne a praia e vá até o Muelle, uma espécie de espigão costeiro que avança para o rio, sim, eu disse rio, Rio da Prata, é tão largo que parece o mar, lá tem uma vista especular e rende fotos belíssimas.

Muelle

E para finalizar, jantar um chivito, um sanduiche com tudo dentro (R$ 20,00).

. Total gasto: R$ 117,50.

. KM andados: uns 10 km.

. Fotos tiradas: 5143648

Instagram: @tripdacris

Quer ser nossa Correspondente? Escreva seu relato de viagem e compartilhe conosco através do email: necamcorrespondentes@gmail.com. Sua história merece ser lida!

Comentários

Comentários

Mulheres tão particulares, com um único objetivo em comum, viver as melhores (e maiores) aventuras já vistas. Juntas ou sozinhas, nós queremos é viver! E compartilhar nossas experiências para que possamos inspirar cada vez mais, outras mulheres.



O que achou desse post?


%d blogueiros gostam disto: