MAIS DO QUE VINHOS, MENDOZA TAMBÉM É AVENTURA! – POR ANDREA AZEVEDO

MAIS DO QUE VINHOS, MENDOZA TAMBÉM É AVENTURA! – POR ANDREA AZEVEDO

A primeira coisa que se vem à cabeça quando se fala de Mendoza, na Argentina, são os maravilhosos vinhedos e adegas da região. Mas, para aqueles que querem fugir desse sentido comum e buscam um pouco mais de emoção e aventura, essa bela província, que fica no centro-oeste argentino, tem muito a oferecer!

Próxima à cidade de San Rafael numa região conhecida como Valle Grande, está o belíssimo Cânion del Atuel. Ali a generosidade da natureza parece não ter limites. O cânion é formado por rochas das mais variadas formas, esculpidas pelo vento e pelas chuvas, onde podemos deixar correr livre a nossa imaginação e ver figuras nas rochas, como “A família de elefantes”,

“A Caveira”, “A procissão de freiras”, entre outras. Ali corre o rio Atuel, um dos rios mais importantes da região, cujo nome provém de um vocábulo puelche “latuel”, que significa “Alma da Terra”.

Mais além da sua fantástica beleza natural, o cânion del Atuel atrai turistas de toda a Argentina e de várias partes do mundo, que vão em busca da prática de atividades outdoor. Não é à toa que a região é conhecida como “A capital do turismo de aventura”. E foi exatamente a busca desse tipo de turismo que me levou até lá.

RAFTING: AS CORREDEIRAS DO RIO ATUEL.

Já de imediato, no primeiro dia, fiz uma das atividades que mais queria, o Rafting! Fiz com o pessoal da agência Aventura Extremo e não poderia ter sido melhor!! Equipamentos adequados e instrutores profissionais e capacitados, que transmitiam muita segurança, principalmente aos mais medrosos, como eu.

Vestimos os coletes e os capacetes, e aos que solicitavam também era fornecido uma espécie de roupa de manga comprida para vestir por debaixo do colete. Eu não quis porque fazia muito calor. Nos reuniram a todos que íamos fazer o Rafting para uma breve orientação sobre como proceder e os comandos utilizados, e logo partimos para o deck para a distribuição do pessoal pelos botes. Os acompanhantes que não participariam da atividade poderiam ficar esperando no espaço com bar e piscina, a um pequeníssimo custo.

Uma vez acomodados nos nossos devidos lugares, partimos para a aventura!!! Tínhamos que remar o mais sincronizado possível e seguir os comandos do guia, tudo muito fácil e divertido!

A cada pedra saltada, a cada curva feita, era um banho garantido! Depois de estarmos completamente molhados, chegamos a uma parte do rio mais tranquila, onde os que querem podem se jogar do bote e dar uns mergulhos nas águas frias do Atuel. Fazia calor e óbvio que todos nos jogamos!

O nível do Rafting que eu fiz foi um dos mais leves, no nosso grupo havia crianças e pessoas de mais idade, mas nem por isso deixou de ser pura emoção, muito pelo contrário! Depois de deslizar rio abaixo enfrentando as corredeiras, todos saímos com a adrenalina lá em cima e querendo mais!!!

REKKING: CONHECENDO O CANION.

Há diversos tipos de trekking oferecidos pelas agências. Esse passeio também fiz com o pessoal da Extremo Aventura, e optei por um trekking mais curtinho, na parte da manhã, de cerca de uma hora, pois ainda ia fazer outro mais longo na parte da tarde em outro lugar da região.

Nosso guia, nos conduziu por um caminho que começava bem em frente onde fica a agência,do outro lado da rodovia. Além das pessoas que formavam o nosso grupo, nos acompanharam por todo o caminho, quatro incansáveis e simpáticos cães labradores! Eles são cuidados pelo próprio pessoal da agência, e o guia nos disse que parece que eles já sabem quando vai ter trekking, pois ficam agitados e atentos à movimentação, e então quando saí algum dos guias, eles vão atrás! De fato, eles já conheciam o caminho, iam na frente quase que “guiando o guia”!

Durante o caminho, um cenário bem seco e agreste, passamos pelo que parecia o leito seco de um riacho com muitas pedras soltas, cercado de enormes paredões de rochas.

Subimos até o alto de um deles e durante o percurso, o guia ia nos explicando sobre a flora local, composta por diversos arbustos típicos daquela região, sobre as montanhas e algumas formações rochosas que avistamos pelo caminho. E sobre como o clima, a falta de chuvas, vem influenciando negativamente a economia local, pois o nível do dique que alimenta o Rio Atuel vem ficando cada vez mais baixo a cada ano, dificultando a agricultura, principalmente as pequenas vinícolas.

PASSEIO DE CATAMARÃ: NAVEGANDO PELO DIQUE VALLE GRANDE

O Dique Valle Grande represa as águas do rio Atuel, assim formando um imenso e lindo espelho d’água, de cores que variam do azul turquesa ao verde esmeralda, constituindo um verdadeiro convite à prática de atividades náuticas, como remo, windsurf, caiaque, pesca esportiva, entre outras. Se é impossível não se encantar avistando do alto a belíssima paisagem que compõe o Dique Valle Grande, imagina navegar pelo seu lago? Foi então que escolhi fazer um passeio de catamarã e ver aquela maravilha mais de perto.

Os barcos saem de manhã e à tarde, mas dependendo da quantidade de pessoas, juntam grupos de horários diferentes. O passeio durou em torno de 1h e o guia, que era quem conduzia o barco, ia contando toda a história da represa, o impacto ambiental causado e o que ela representa para o turismo na região.

Ao navegar pelo lago, observamos uma curiosa formação rochosa, uma espécie de ilha no meio do lago, chamada “O Submarino”, por sua semelhança com tal embarcação ao emergir parcialmente à superfície; passamos próximos aos seus impressionantes paredões cujos seus diferentes tipos de formação lhes conferem as mais diferentes cores; e para aqueles que optarem, o catamarã pode deixá-los numa prainha que há nas margens do lago, porém há que ir preparado, pois não há muita infraestrutura, além de cadeiras e guarda-sóis para alugar.

Para os que estão em Mendoza, capital, muitas agências fazem excursões de um dia inteiro, por causa da longa distância, mas somente para percorrer o Canion em carro ou van. Porém, se você quiser desfrutar a pleno esse lugar e realizar algumas das variadas atividades de aventura, recomendo hospedar-se em San Rafael e arredores. Para quem não estiver de carro, saem ônibus da rodoviária até o Valle Grande, onde estão a maioria das agências que oferecem os passeios, às margens do rio Atuel. Eu fiz com a agência Aventura Extremo e recomendo! Abaixo eu deixo o contato deles:

Agência Aventura Extremo:

www.aventuraextremo.com.ar

Email: reservas@aventuraextremo.com.ar

Tel.: 02627 15612437

Ruta 173 km24 San Rafael – Mendoza – Argentina

Um pouquinho sobre mim:

Sou Andréa Azevedo, viajante incurável. Vivo um amor à distancia; moro no Brasil, mas meu coração mora na Argentina. Posto minhas fotinhas e conto um pouquinho das minhas viagens

no Instagram @várias_viagens.

Comentários

Comentários

Mulheres tão particulares, com um único objetivo em comum, viver as melhores (e maiores) aventuras já vistas. Juntas ou sozinhas, nós queremos é viver! E compartilhar nossas experiências para que possamos inspirar cada vez mais, outras mulheres.



O que achou desse post?


%d blogueiros gostam disto: