FORTALEZA: Roteiro de viagem para 7 dias – por Jandira Maciel

FORTALEZA: Roteiro de viagem para 7 dias – por Jandira Maciel

No post anterior, falei da minha experiência de viagem em Porto Seguro, dicas de roteiros, passeios por conta própria, sentir-se nativo do lugar e como foi importante esse encontro com Deus e comigo mesmo, porém acabei não me apresentando.

Meu nome é Jandira Maciel, tenho 53 anos e sou Fisioterapeuta, Amoooo viajar, natureza, viver novas experiências e me redescobrir em cada uma delas, viajar sozinha foi um ponto de partida. Pretendo dividir com vocês minhas experiências, dicas de lugares em que já estive e incentivar outras mulheres a fazer o mesmo com total liberdade de viver momentos inesquecíveis.

Neste segundo post, compartilho com vocês dicas, sugestões de roteiros e experiências que vivi nessa viagem fantástica! Nosso próximo destino será: Fortaleza – Ceará!

Fortaleza – Dicas de Roteiros

Fortaleza mistura a rotina agitada de uma grande metrópole e costumes típicos de uma região que vive em harmonia com mar. Como o próprio nome já diz Fortaleza, algo sólido, forte, tem um pôr-do-sol maravilhoso, terra da alegria, lugar de gente receptiva e feliz, cultural e tradicional, do humor gaiato e simples que parece tão natural. A violência ainda é um dos pontos fracos de Fortaleza, mas apesar disso, ela não perde o brilho. Apaixonei-me por aquele lugar! É uma cidade onde tudo pode acontecer. Tudo pode começar. Recomeçar. Construir e reconstruir.

Hospedagem: Fiquei hospedada no Carmel Magna Praia Hotel, localizado na  Praia de Iracema com vista privilegiada de frente para o mar e dos movimentos noturnos, a escolha não poderia ter sido melhor, facilitou e muito o meu descolamento.O hotel é maravilhosoooo! Faço questão de voltar e me hospedar nesse hotel. Fiquei encantada, o preço é muito bom e fui muito bem atendida.

Primeiro dia: Fortaleza – Cheguei de um vôo cansativo, com parada. Achei melhor descansar, almoçar, aproveitar a piscina do hotel, caminhar na orla, conversar com os funcionários da recepção (ouvir dicas para passeios mais em conta) e a noite conhecer a feirinha (point) que vende os mais diversos produtos feitos na região como: roupas, artesanatos, bolsas, comidas como castanha-de-caju, cachaça e bijuterias. Próximo a feirinha têm vários hotéis, restaurantes, ótimas sorveterias, boates e show de humor. (Vale à pena conferir!)

Praia de Iracema

Segundo dia: City Tour e Beach Park – O passeio City tour estava incluso no pacote de viagem para Fortaleza, agora o Beach Park foi por minha conta.

O micro-ônibus da agência, foi me apanhar na porta do hotel no horário marcado e com o seguinte roteiro: O passeio passa pelo Jardim Japonês (no bairro Meireles), Estátua de Iracema, Cais do Porto, Praia do Futuro, Mausoléu Castelo Branco, Catedral Metropolitana, Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção, Mercado Central, com paradas no Teatro José de Alencar, Centro de Turismo (Emcetur) e Ponte Metálica (Ponte dos Ingleses). O guia falou da importância de cada ponto turístico visitado de uma forma detalhada, desde a formação aos dias atuais. Me fez viajar no tempo!

Ponte dos Ingleses, também chamada de Ponte Metálica. É considerado o melhor lugar na cidade para ver o pôr do sol.     Nossa última e mais demorada parada foi no Centro de Turismo do Ceará (Emcetur) Comércio de artesanato e produtos típicos regionais   Lojas que encantam aqueles que passam por ali. É possível apreciar artesãos fazendo sua arte ali, ao vivo, tornando a experiência da visita ainda mais rica.

Beach Park – O horário do parque é de 11h00min as 17h00min. Cheguei lá por volta das 13h00min. O parque aquático fica na beira da praia de Porto das Dunas, quem quiser visitá-lo vá preparado! Preparado com dinheiro, ainda mais se estiver com crianças (fica a dica). Ao chegar ao parque, passa-se pelo lado da praia, num lugar cheio de coqueiros, e depois se tem acesso às bilheterias, onde pode se comprar as entradas, adquirir e carregar os cartões de consumo e alugar os armários para deixar os pertences. Achei o ingresso caro, mas do mesmo jeito que é caro é divertido. (RS). É simplesmente fantástico! Pra quem não têm limites e quer se divertir como criança, vale a pena viver esse momento inesquecível (Adrenalina pura).

Principais atrações: toboáguas, corredeiras, piscinas de ondas, piscinas de águas aquecidas e chafarizes, além de saunas espalhadas por uma extensa área de metros quadrados e com uma infra-estrutura de restaurantes e lojas de artesanato.

Como eu quis economizar, na rua em frente ao parque na mesma avenida tem um restaurante com uma comida bem saborosa, o prato feito (só aceitam dinheiro para o pagamento do almoço) fica a dica. Voltar a ser criança pelo menos algumas horas é maravilhosooo!

Insano – Um toboágua com queda livre de 50 metros de altura. É pra corajosos como eu! rs

Terceiro dia: Aproveitando a dica do pessoal da recepção do hotel, contratei uma agência local para fazer 3 passeios imperdíveis em 1 dia: Morro Branco, a Praia das Fontes e Canoa Quebrada. É um pouco cansativo, porém  valeu a pena por ter sido um passeio inesquecível e com preço bem  em conta.

Segui a seguinte programação: A Van chegou ao hotel por volta de 06h50min (não consegui tomar café da manhã), por ser distante a duração desse passeio foi um dia inteiro. A van nos deixou num local de apoio, onde decidi fazer o passeio de buggy com emoção (põem emoção nisso! Adrenalina pura!).

A primeira parada, é em Morro Branco onde você faz uma pequena caminhada, a fim de conhecer e comprar os trabalhos maravilhosos das rendeiras locais, as esculturas de vidros (através das mãos dos artesãos, as areias são transformadas em verdadeiras obras de arte, nas garrafinhas e taças de vários tamanhos, modeladas com espátulas, formam paisagens e figuras surpreendentes) e o labirinto de falésias abertas pela erosão do vento e da chuva aflorando as areias coloridas (lugar lindooooo!!!).

O início da caminhada começa pelo centrinho da vila, onde encontrei os artesanatos e as esculturas em vidro com todas as areias coloridas da região.

O labirinto das falésias termina praticamente no mar. E o Buggy já estava lá para irmos para a nossa próxima parada: a Praia das Fontes (Beberibe), parada completamente indispensável. Isso porque você encontra pequenas bicas de água doce que saem das falésias (pra matar a sua sede e tomar banho), e grutas (pequenas cavernas) em meio às falésias na orla da praia (é um espetáculo à parte). Após a chegada à praia, você seguirá para uma Barraca de Praia com toda a infra-estrutura. O restante do tempo será livre para curtir a praia, um ótimo banho de mar, saborear a maravilhosa culinária local e uma paradinha para banho na Lagoa do Uruaú.

Praia das Fontes

A última parada do nosso dia foi em Canoa Quebrada (imperdível). A mistura de falésias e piscinas naturais formadas nas marés secas é linda. Essa é uma das praias mais agitadas e famosas do Ceará. Queria ter ficado alguns dias em Canoa Quebrada, mas o bate e volta já deu para aproveitar. A vila é bem interessante, têm boas opções de restaurantes e a noite as pessoas se divertem na Broadway. Para quem estiver com um pouco mais de tempo pode aproveitar os passeios de jangada, Kit surf ou parapente. Com tanta beleza de um único lugar, não dispense a vista panorâmica de Canoa Quebrada. É de tirar o fôlego!

Quarto dia: Destino: Complexo Crocobeach e Praia do Futuro – Como o passeio do dia anterior foi um pouco cansativo, resolvi acordar um pouco mais tarde, tomei o meu delicioso café da manhã no hotel e me preparei com calma para curtir um passeio, onde eu pudesse relaxar. Eu estava hospedada na beira mar e quis economizar, peguei um ônibus para a Praia do Futuro, apesar de ser uma alternativa até interessante por ser bem perto, tenham um pouco de cautela!

Chegando ao Complexo Crocobeach a entrada é gratuita e de cara fiquei encantada com a estrutura enooorme! Área verde, lojas, laguinhos e as piscinas então? Adulto, infantil com cascata, toboáguas, guarda-vidas… Na hora da fome você estará bem servido! Além de um cardápio variado e delicioso, os preços variam para todos os bolsos. (RS) Curti muuuuito esse dia! Então anote aí, para aproveitar um dia de praia em Fortaleza tem lugar certo, Praia do Futuro na Barraca Crocobeach!

Praia do Futuro

Quinto dia: Cumbuco Comprei o passeio com uma agência local, foi show, o micro ônibus foi me apanhar por volta das 08h30min e o retorno ao hotel   as 18:00 hs. Lá desembarquei numa barraca que tem toda uma infra-estrutura, com mesas, chuveiros, guarda volume (é cobrado), piscina e lojas. Encontrei bons locais para comer, pratos variados e comidas típicas com preços razoáveis.

O destino é repleto de atividades na areia e na água, como passeios de buggy sem emoção e com emoção (Mas tem que gostar de muita emoção mesmo, porque o frio da barriga não é fraco não!), jangada, quadriciclo, tirolesa, skibunda, kitesurf, cavalo e jegue. O lugar é paradisíaco!! No decorrer do passeio tem uma parada na lagoa do Cauipe. Vale à pena conferir!!

Sexto dia: JericoacoaraAssim, que fechei meu pacote de viagem rumo à Fortaleza. Comecei a pesquisar em sites, com amigos e até colegas de trabalho quais seriam os melhores lugares pra conhecer em Fortaleza. Preparei o meu roteiro de viagem e é claro, pensei em Jericoacoara, porém o custo desse passeio sairia do meu orçamento. Nessa pesquisa um colega de trabalho me falou: “Ir ao Ceará e não ir a Jeri é o mesmo que não ter ido”.

Lagoa Azul

Descobri que agências locais vendiam um Bate e Volta no mesmo dia entre Fortaleza e Jericoacoara por um preço razoável. É claro que não é o mesmo que se hospedar lá, o percurso de 300 km tem duração aproximada de 5hs, mas, ao contrário do que muitos falam, achei que valeu bastante a pena fazer um bate e volta de Fortaleza. Sai do hotel por volta das 04h40min da manhã com parada às 09h30min em  Jijoca.

Lá, peguei outro veículo (uma caminhonete adaptada tipo jardineira) que me levou aos principais pontos turísticos de Jericoacoara. O passeio segue pelas ruas de areia entre Jijoca e Jeri com parada nas dunas. Seguimos até a Árvore da Preguiça, Lagoa Azul e depois até o estacionamento de buggy. Você que gosta de  caminhar vá a pé pela praia até a Pedra Furada é muito legal e a vista do alto da montanha é inesquecível, não deixe de ir.

Voltando para vila, aproveitei um tempinho para andar pelo centrinho, fazer algumas comprinhas e conhecer a praia. O passeio finaliza na Lagoa do Paraíso, lugar lindoooo!!! com restaurante, mesas e cadeiras pé na areia, redes dentro d’água, banheiro para troca de roupa e chuveiro. Parece um paraísooo!! Tempo livre para almoço. Que almoço delicioso!! (não incluso no pacote). Em Jijoca pegamos novamente o carro e voltamos para Fortaleza. (Que pena, deixou saudades!)

Sétimo dia: Como era a minha ultima noite em Fortaleza, resolvi descansar, arrumar a mala e aproveitar os momentos finais de uma viagem literalmente inesquecível!

Bem, descansar na parte da manhã, porque à noite o Pirata Bar era o ponto de encontro dos forrozeiros. E lá fui eu pra conferir! rs.

Espero que  tenham gostado desse post, com dicas  imperdível para quem pensa em viajar para Fortaleza .Reviver esses momentos com vocês é incrível!!

Comentários

Comentários



1 thought on “FORTALEZA: Roteiro de viagem para 7 dias – por Jandira Maciel”

O que achou desse post?


%d blogueiros gostam disto: