EMOÇÕES E SENTIMENTOS QUE CONHECI VIAJANDO SOZINHA – POR JANDIRA MACIEL

EMOÇÕES E SENTIMENTOS QUE CONHECI VIAJANDO SOZINHA – POR JANDIRA MACIEL

Neste post você vai encontrar as minhas reflexões sobre emoções e sentimentos que conheci viajando sozinha, que mudaram a minha vida de uma forma devastadora!

Todos nos possuímos algum tipo de limitação: emocional, mental ou física. Diante dessas limitações, você tem duas opções: agir como vitima ou ultrapassar os seus limites e enfrentá-los.

O que fiz para ultrapassar meus limites e enfrentá-los

Costumo dizer que viajar sozinha pra mim é, antes de tudo, uma terapia: é uma oportunidade de enxergar sua vida sob a ótica de um terceiro espectador, que às vezes é tão difícil de realizar.  Mas o que me levou mesmo a trans mudar-me para um viajante solo (solo traveler) foi a minha realidade cotidiana, minha relação com as outras pessoas, os problemas pessoais, olhar no espelho e não conseguir reconhecer-me.

Solo Traveler foi à maneira que encontrei para mudar o conhecimento equivocado, que eu tinha em relação a mim mesmo. Essa experiência foi um desafio para testar as minhas emoções que deram origem aos sentimentos mais nobres.

Emoção é inconsciente e Sentimento é consciente

“As emoções são reflexos inconscientes do ser humano e os sentimentos são mais conscientes e relacionados com a avaliação das emoções. São complementares porque as emoções vividas dão origem aos sentimentos”.

Busque encontrar em você alguns dos ingredientes necessários para ultrapassar os seus limites e enfrentá-los como: paciência, resistência, força de espírito e persistência. Se você, ainda, não encontrou esses ingredientes, tenham coragem de olhar para si mesmo e fazer uma avaliação, observar como são os seus pensamentos, seus instintos e modo de agir. Ai vem a sua mente alguma coisa que você não faz e gostaria de fazê-lo. Identificado o que você gostaria de realizar na sua vida, o próximo passo é agir.

Saia da sua zona de conforto e arrisque, experimente um sentimento de realização que vai aumentar sua confiança e permitir usar todo o seu potencial, tudo depende de você, quem não se arrisca deixa de realizar coisas incríveis.

Eu tornei-me solo traveler é você?

De que forma encontrei o ponto de equilíbrio

Quando resolvi viajar sozinha pela primeira vez a sensação inicial foi de total vulnerabilidade. Sim, isso mesmo, vulnerabilidade! Mas, essa sensação vai se transformando em segurança e bem estar, à medida que você vai experimentando novas emoções e ficando mais a vontade com a sua própria companhia , você vai comprovando aos poucos que não há ninguém que você precise além de você mesmo.

Tive a oportunidade de entrar em um tempo que era só meu, dei mais importância de encontrar o ponto de equilíbrio comigo mesmo. É um momento bem egocêntrico mesmo, de olhar para si mesmo de forma mais profunda e focando no que está dentro de você. Nessa viagem, aprendi a me relacionar com outras pessoas, lugares e quando você se permite, coisas boas acontecem. Fiquei mais sociável, flexível, tolerante, humana, confiante e passei a respeitar mais a minha intuição.

Emoções e sentimentos

Se pararmos para pensar por um instante, você dará conta de que as emoções conduzem grande parte das nossas vidas. São reflexos naturais diante de um determinado acontecimento. No entanto, embora, as emoções sejam uma forma de expressar os sentimentos de modo espontâneo, é possível controlá-lo. Não digo que será fácil, mas certamente não é impossível. Para tal, será necessária a prática, paciência e acima de tudo autoconhecimento. Este é o primeiro passo: conhecer-se.

Tipos de emoções e sentimentos que conheci viajando sozinha

Emoções: Felicidade, Medo, Raiva e Tristeza.

Sentimentos: Coragem, Sabedoria, Equilíbrio, Respeito, Amizade e Alegria.

FELICIDADE: Amor próprio é tudo.

Minha amiga “Lucia Porto” perguntou-me como você consegue ficar sozinha e sentir-se feliz?

É simples, Quando voltei da minha primeira viagem solo, olhei-me diante do espelho e entendi que a felicidade que eu tanto esperava não dependia de uma vida social agitada e rodeada de pessoas esteve sempre dentro de mim mesmo. O que não podemos é nos bloquear, basta enxergar a vida com outros olhos, aprender a superar conflitos, conviver com mudanças, relacionar-se de forma harmoniosa com as pessoas e dominar as emoções. Evite tudo, mais tudo que nos impeçam de alcançar aquilo que viemos buscar: A felicidade!

Quer  ser FELIZ saiba que a resposta é: Sejam viajante solo!

MEDO

O medo, com toda a certeza , acaba  sendo o seu pior inimigo , pois é uma batalha sua com você mesmo, compreende-lo é melhor do que tentar elimina-lo. O medo costuma ser associado a algo novo, e quando tomamos coragem, surge o medo.

Tipos de Medo: O medo de fracassar, de ter que voltar a trás , de não ser o que esperava, de ficar sozinha, de se perder, de pedir ajuda, de abrir mão.

Aceitar a incerteza em nossas vidas é algo extremamente necessário para que possamos avançar. Sentir medo é natural, quando estamos com medo, nossas possibilidades de escolha se limitam, mas ao enfrenta-los nossas opções aumentam, e nós crescemos com elas.

RAIVA: “Constitui-se como uma emoção humana de protesto, insegurança, timidez ou frustração, contra alguém ou alguma coisa, que se exterioriza quando o ego se sente ferido ou ameaçado”

Aprendi a não deixar a raiva prejudicar a minha vida

Não pense que é fácil, o ato de superar a raiva. No entanto, o fato de uma pessoa se sentir assim não pode ser considerado algo fora do comum. A raiva aparece quando perdemos o controle sobre nos mesmos. Neste momento a emoção se torna destrutiva e acaba afetando a qualidade de vida de qualquer pessoa.

Controlar a raiva de uma maneira mais saudável e prevenir que ela se torne destrutiva envolve uma consciência plena, autorreflexão, auto compaixão e autoconhecimento.

TRISTEZA: Aperto no peito! A tristeza é algo que sentimos, quando nossa vida de alguma forma perde o sentido.

Como superar a tristeza

Analise sua vida e perceba o que você gostaria que fosse diferente, valorize o lado bom das coisas, agradeça mais, preocupe-se menos, use as criticas para autoanálise, busque o prazer de todas as formas e jamais aceite o papel de vitima. Mude o que pode ser mudado e aceite o que não depende de você. Entenda que qualquer mudança depende exclusivamente de você.

CORAGEM: É agir mesmo tendo medo ou com todas as razões do mundo para não dar o próximo passo. Uma pessoa que tem coragem não é aquela que não sente nada, mas sim, aquela que mesmo sentindo medo, vai adiante.

Ter coragem para enfrentar os desafios

Aceite os desafios e as adversidades, que a vida lhe apresenta, quando encarados de forma positiva, representam grande fonte de aprendizado. Quanto mais coragem você tiver para começar a exercer suas habilidades, mais coragem terá para enfrentar o novo e, dessa forma, desenvolverá uma habilidade intuitiva que o levará a agir diante de qualquer uma das inúmeras necessidades a que a vida nos expõe. Quando o medo surgir, lembre-se de que as diferentes formas que ele assume dependem da sua imaginação. Assim como os diferentes tipos de coragem. Sendo assim, vá em frente e supere os obstáculos que estão à sua frente. Só você é capaz de vencê-los.

SABEDORIA: É o dom que nos permite discernir qual o melhor caminho a seguir, a melhor atitude a tomar nos diferentes contextos que a vida nos apresenta.

Todas as nossas ações , desde a mais simples produzem resultados positivos ou negativos, devemos refletir antes de decidir e agir perante essas ações. Pare um pouco e reflita  como está conduzindo a sua vida. A sabedoria nada mais é que a soma da  experiência e maturidade que o indivíduo adquire com a vida .

EQUILÍBRIO:É o controle total sobre os pensamentos e ações que determinam o comportamento humano. É a capacidade de enfrentar os obstáculos e ter o controle total das emoções e sentimentos.

Viajando sozinha encontrei o equilíbrio que há em mim

 Como encontrar o equilíbrio?Não é tão fácil assim, já que todos os dias estamos envolvidos em situações que nos desestabilizaram. Algumas vezes conseguimos esse equilíbrio,mas nem sempre é assim.O nosso equilíbrio depende do nosso estado interno e da influência que estes têm sobre o nosso pensamento, comportamento e atitudes.

A melhor forma de Desenvolver seu equilíbrio emocional

  • Ter suas expectativas ,mas nunca se apoie nelas .Em grande parte do tempo, as coisas não saem como planejamos.
  • Busque soluções. Enfrentar os problemas, encontrar a causa e uma    solução. Irá te fortalecer .
  • Sua mente é sua melhor aliada e,  para treina-la devemos encontrar momentos para nós mesmos.
  • Seguir em frente, Mesmo consciente de que encontrou o equilíbrio, é importante saber que a qualquer momento, tudo pode dar errado. Não tenha medo de fracassar.

 RESPEITO: É um dos valores mais importantes do ser humano, porque para mim o respeito mutuo representa uma das formas básicas e essências para uma convivência saudável.

 Como a viagem solo me fez “olhar outra vez”

Quando você explora territórios internos desconhecido, você aprende a respeitar-se mais, impor limites para você mesmo, enxergar o que há de melhor em você e analisar a sua própria bagagem emocional.

No momento em que você olha pela segunda vez, você percebe que cada pessoa tem o direito de escolher ser quem é realmente e, essa barreira (limite) que o respeito nos mostra que devemos aceitar a outra pessoa na sua individualidade, na sua totalidade como a pessoa realmente é, não como gostaríamos que ela fosse.

 AMIZADE: É um sentimento que envolve o reconhecimento com a personalidade de outra pessoa e ações.

Tipos de ações: Fazer algo por alguém enquanto se espera nada em troca; compartilhar pensamentos e sentimentos sem medo de julgamento ou crítica negativa preocupar-se e zelar pela outra pessoa.

De que forma viajar sozinha ensina sobre a amizade

É um desafio se relacionar com pessoas de estilos de vida diferente, cada pessoa é especial de alguma forma e tem algo a ensinar, e aí que mora a beleza das relações. Você aprende a conhecer o seu verdadeiro amigo, na medida em que você entende que algumas pessoas estão em sua vida só de passagem, respeitar as diferenças, buscar novos amigos que vão fazer sentido para cada nova experiência e compreender que no final das contas são eles, a família e os amigos, que vão estar ao seu lado ajudando a crescer e olhar o mundo que nos cerca com outro olhar.

ALEGRIA : O que é alegria pra você?Para mim a alegria é um sentimento de plenitude e satisfação interior e, você pode encontrá-la , só depende de você.

Como encontrei a alegria em viajar sozinha

 Buscar o equilíbrio, é o ponto chave. A rotina está repleta de sinais, basta observar com detalhes, mesmo nos momentos mais difíceis, é importante  estar com o corpo e a mente em harmonia.

Normalmente, deixamos de observar pequenos sinais devido à rotina em que vivemos e, fazer de sua própria trajetória motivo de sua própria alegria é a melhor alternativa para sair de tais padrões sociais que você não se identifica, sensações incomuns, malévolo e experiências difíceis E só assim, nós aprendemos a desenvolver um caminho leve e saudável de convivência interna e externa, ou seja, a combinação perfeita para uma vida de alegria.

Confie em si mesmo, tenha consciência que, por mais que a vida traga desafios, saiba que você tem total capacidade de realização, transformação, competência, qualidades e habilidades para superar qualquer obstáculo.

Cada ser humano tem os seus sonhos a realizar, e só você é responsável pela realização de muitos deles. Nós sabemos que os nossos sonhos, com o passar do tempo, uns vão se apagando, apenas adormecem e outros deixam de ser sonhos porque passam a ser realidade!

Sempre tive este sonho em mente , viajar sozinha  deixou de ser um sonho para mim e tornou-se um fato real! O importante é ter em mente que é possível sim viver essa experiência , desconectarmos de tudo que nos proíbe de evoluir emocionalmente de maneira sábia e descobrir quem é o ser mais importante do mundo: É você!

Espero que tenham gostado desse post, viajar sozinha é uma daquelas experiência que ninguém esquece. Quais foram as suas razões para uma viagem solo?Quais foram as emoções e sentimentos que vocês conheceram viajando sozinha?Conta pra nós! Porque o mundo nos espera!

 

 

Comentários

Comentários



O que achou desse post?


%d blogueiros gostam disto: