Dicas para gastar pouco na praia

Dicas para gastar pouco na praia

E aí, galera, como estão? Hoje fez um dia lindo aqui no Rio de Janeiro e já que estamos em clima de Verão viemos dar algumas dicas para gastar pouco na praia, um programa que pode parecer simples e barato, mas nem sempre é assim.

  • Quando eu era criança, ficava bolada de ter que carregar um peso enorme na hora de ir à praia – ainda fico – mas na hora da sede, realmente é a melhor coisa. Comprar bebida na praia sai caro, por isso é bom comprar com antecedência. Ah, outra opção é comprar bebida gelada em algum mercado que fique próximo da praia, que talvez não vá ser tão barato quanto o que fica perto de casa, mas já vai te poupar de carregar peso.
  • Utilize transporte público! É uma dica simples, mas que faz toda diferença. Além de mais barato, é mais prático e você ainda economiza o tempo de procurar vagas, o preço do estacionamento e toda aquela dor de cabeça.
  • Nesse período de crise, não é fácil gastar dinheiro pra comer na rua. Os preços de comidas com os ambulantes nem sempre valem a pena, por isso, uma boa opção é levar um lanchinho de casa. Tente optar por coisas simples, fáceis de levar e que vão matar a fome, como biscoitinhos ou sanduíche natural, que cabem facilmente na bolsa. Se não for ficar tanto tempo na praia, é mais fácil: você pode deixar para fazer suas refeições em casa mesmo, antes e depois do passeio. De quebra, você não fica se preocupando com a higiene de onde a comida da praia foi feita ou armazenada.
  • Resista à vontade de comprar sorvete com os ambulantes. Sim, sabemos que está um calor insuportável e que o sorvete vai ajudar a se refrescar, mas a gente garante que na primeira padaria que passar você encontra o mesmo sorvete por metade do preço!
  • Se você tiver cadeira e guarda-sol em casa, já economiza o dinheiro do aluguel e ainda consegue aproveitar a praia com mais conforto e tranquilidade. Mas, se não for o caso, não tem problema: use uma canga ou toalha de praia que tá tudo certo! Ah, e se quiser comprar esses itens por lá mesmo, é sempre bom pesquisar, hein? Tente procurar o preço médio de uma canga na região pra ter certeza de que está pagando um preço justo.
  • Se for comprar alguma coisa, a dica é pechinchar. Sim, existem coisas que podem ser encontradas por um preço mais em conta que num shopping, como cangas e biquínis, mas muitas vezes os preços são “pra turistas” e com um pouquinho de insistência você consegue pagar mais barato e economizar seu suado dinheirinho.

Dica bônus: não esqueça o protetor solar! As temperaturas nesse verão estão altíssimas – e mesmo com o sol escondido, é indicado o uso do protetor. É possível encontrar o produto à venda nas praias, mas por um precinho salgado… E é sempre bom ressaltar a importância de se proteger contra o sol, então não dê bobeira.

Esperamos que tenham gostado desse post e que vocês curtam bastante as praias nesse verão! Se você tiver alguma outra dica legal, conta pra gente aqui nos comentários. 😉

Nós estamos fazendo um especial de férias aqui no blog, então não deixe de visitar os outros posts do especial:

Passeios para fazer com crianças no Rio de Janeiro

10 filmes para assistir no verão

Playlist para curtir o verão

 

Comentários

Comentários

Mulheres tão particulares, com um único objetivo em comum, viver as melhores (e maiores) aventuras já vistas. Juntas ou sozinhas, nós queremos é viver! E compartilhar nossas experiências para que possamos inspirar cada vez mais, outras mulheres.



3 thoughts on “Dicas para gastar pouco na praia”

O que achou desse post?


%d blogueiros gostam disto: