Brumadinho Minas Gerais Na Estrada com as Minas

Hostel 70 – um recanto hippie em meio a Brumadinho/MG

Quando fomos convidadas para conhecer Brumadinho pela equipe do De Rolê por Brumadinho, nós ficamos muito felizes, conhecer Minas estava em nossos planos há muito tempo – e quando eu digo “nós”, quero dizer meu e da Clara risos – e foi incrível começar por um lugar tão encantador quanto Brumadinho.

Essa viagem foi um grande desafio para nós, por que seria a primeira vez que viajaríamos com um grupo tão grande que não fizesse parte da nossa família, então a forma que a Clara se comportaria no meio de tantos adultos estranhos para ela me preocupava um pouco, mas ela como sempre, uma lady! Se comportou muito bem e todos os passeios foram incríveis. Só que antes de falar sobre os lugares que conhecemos, queremos falar um pouco sobre o lugar que ficamos.

Sobre o Hostel 70

Como era um grupo grande de comunicadores, o grupo foi dividido entre dois hostels, o Hostel Moreira comandado pela Fernanda e o Hostel 70 comandado pela Nathália e nós ficamos no Hostel 70 em um quarto feminino.

O Hostel 70 foi o primeiro hostel da cidade, uma rua acima da rodoviária de Brumadinho e há apenas 7 minutos de carro de Inhotim, ele se destaca pela ótima localização. E nasceu com o objetivo de oferecer uma hospedagem mais barata aos visitantes de Brumadinho propagando uma filosofia diferenciada, incentivando a troca de experiências entre pessoas e culturas.

Infraestrutura

O Hostel possui uma área externa bacana na entrada onde é servido o café da manhã, que apesar de simples tem aquele toque especial de Minas. Redes para quem quer descansar e uma área comum muito despojada. Nas paredes encontramos figuras e histórias de hóspedes que passaram por ali e deixaram sua marca. Foi interessante descobrir que algumas amigas tinham passado por e deixado sua marca naquelas paredes.

Eles acomodam 44 pessoas e possuem quartos coletivos, sendo um feminino com banheiro e suítes para casais que se encontram mais reservadas nos fundos do hostel, assim como o banheiro coletivo. Existe ainda uma cozinha de uso comum. Para os esquecidos de plantão eles alugam ainda toalhas.

Eu e Clara fomos acomodadas em quarto feminino que tinha apenas uma hóspede. O banheiro era grande, a água do chuveiro quente e no quarto tinham ventiladores de teto.

Como o hostel não tem recepção 24 horas, os hóspedes ficam no comando das chaves, o que para nós cariocas – paranoicos por natureza – é algo assustador. No segundo dia da viagem, chegamos ao hostel e as portas dos quartos estavam abertas. E isso é algo sobre o qual eu refleti muito. Estamos o tempo todo tão inseguros e amedrontados que vivenciar uma experiência dessas em uma cidade totalmente diferente da sua dimensiona a situação de uma maneira diferente. Inicialmente eu fiquei bem assustada, mas com o passar dos dias eu comecei a refletir mais sobre isso, ainda não cheguei à nenhuma conclusão, mas assim que chegar eu conto a vocês – risos.

Como chegar

Nessa viagem nós contamos com o apoio da Prefeitura de Brumadinho para o transporte de Belo Horizonte a Brumadinho e dentro de Brumadinho, a Brumasvip que cuidou de tudo, fomos muito bem atendidos pela empresa. E queremos agradecer a paciência e atenção com todos

RODOVIÁRIA DE BELO HORIZONTE:

Pegar ônibus Saritur para Brumadinho, 07:00h, 11:00h e 15:00h R$ 21,05 ou 08:15m de BH direto para Inhotim R$ 30,15. Descer na rodoviária, quando chegar é possível vir a pé virando na Rua Barão do Rio Branco e logo após entrando à direita na Rua Aristides Passos, 435, aí é só descer 1 quarteirão. . Ou pegar um táxi se estiver com muita bagagem, que irá custar por volta de R$10,00.

AEROPORTO DE BELO HORIZONTE:

Pegar ônibus UNIR até a rodoviária de Belo Horizonte e de lá seguir os passos de como vir da rodoviária de BH.

Para mais informações: http://hostel70.com/var/www/html/hostel70.com/web/pt/como-chegar.html

Contato

Hostel 70

Telefones: (31) 996.849.064 • (31) 986.469.064

Endereço: Rua Aristides Passos, 435 – Centro – Brumadinho – MG

Site: http://hostel70.com

Comments

comments

«

»

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *