Correspondentes Minas Gerais Ouro Preto

Ouro Preto – Roteiro de 4 dias

Praça Tiradentes, Centro.

Meu post de estreia aqui no “Estrada com as Minas” só poderia ser sobre a minha cidade preferida do muuuundo todo: Ouro Preto! ♥

Eu imagino que Ouro Preto dispensa apresentação, mas mesmo assim quero dizer o quanto essa cidade é maravilhosa.

Ouro Preto é um município do estado de Minas Gerais, com grande importância histórica para o Brasil e famoso por sua arquitetura colonial. Ouro Preto é considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO e está a aproximadamente 95km de Belo Horizonte, capital de Minas.

As paisagens, as ruas, as casas históricas, os museus e até o ar dessa cidade são inspiradores. Toda pessoa deveria visitar pelo menos uma vez na vida a cidade de Ouro Preto. Além disso, por ter cultura, história, vida noturna divertida, turismo ecológico, entre outros, Ouro Preto oferece atrativos para vários tipos de passeios: viagem romântica, férias em família, viagem solo, passeio com amigos.

Rua Cláudio Manoel, Centro

Ouro Preto está a aproximadamente 1100 metros de altitude e possui clima de montanha, ou seja, o verão é ameno e o inverno costuma fazer muito frio, principalmente à noite. Mesmo se você for visitar a cidade no verão, leve um casaquinho. Também não esqueça o guarda chuva! Ele serve tanto para a chuva quanto para o sol

Como Ouro Preto é cheia de ladeiras e você precisará subir e descer para visitar os principais pontos turísticos, leve roupas e calçados confortáveis para caminhar.

Vista da janela da Casa dos Contos.

Para todos os lugares que você olhar em Ouro Preto, é possível avistar uma igreja. Não sou católica, mas acredito que as igrejas contam uma parte importante da história de suas cidades. Como fica impossível visitar todas as igrejas, vou colocar uma listinha das minhas favoritas:

Igreja de São Francisco de Assis (foto)

Localização: Largo de Coimbra (ao lado da feirinha de pedra sabão).

Porque visitar: considerada obra prima de Aleijadinho, o destaque dessa igreja é a pintura do forro da nave principal. É lindíssima ♥

Taxa de visitação: 10,00 (inteira) e 5,00 (estudantes e pessoas acima de 60 anos).

Contato: +55 31 35513282

Igreja do Pilar

Localização: Praça Monsenhor João Castilho Barbosa.

Porque visitar: foram gastos mais de 400kg de ouro em sua ornamentação. Por isso, ela tem o título de 2º igreja mais rica em ouro do Brasil. Além disso, dentro dela existe o Museu de Arte Sacra.

Taxa de visitação: 10,00 (inteira) e 5,00 (estudantes e pessoas acima de 60 anos).

Contato: +55 31 35514736

Igreja de Nossa Senhora do Carmo

Localização: Rua Brigadeiro Musqueira (atrás do Museu da Inconfidência).

Porque visitar: projetada por Manoel Francisco de Lisboa pai do Aleijadinho. Ao lado da igreja, em uma casa onde Aleijadinho viveu seus últimos anos, existe o Museu do Oratório que também vale a visita.

Taxa de visitação da igreja: 3,00

Taxa de visitação do museu: 5,00 (inteira), pessoas acima de 60 anos (2,50) e gratuito para estudantes e professores.

Contato Igreja: +55 31 35512601

Contato Museu: +55 31 35515369

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

Localização: Largo do Rosário.

Porque visitar: construída e frequentada por escravos, essa igreja chama atenção pela fachada curvilínea. Diferentemente das anteriores que estão plenas de ouro, seu interior é singelo e possui apenas uma escultura de Aleijadinho. Acho interessante a visita a esta igreja para que você possa ver a diferença entre uma igreja feita para brancos e uma feita para negros.

Taxa de visitação: gratuito

Contato: +55 31 35514736

(Todos esses valores cobrados para visitação são de janeiro de 2018)

Não poderia fechar esse resumo sobre Ouro Preto sem falar da vida noturna badaladíssima da cidade. Há uma variedade enorme de opções: restaurantes charmosinhos, pizzarias, choperias, bares com drinks maravigold, bar “copo sujo”, baladinhas universitárias. Se você tiver disposição, em Ouro Preto a noite só acaba às 7 da manhã! Hahahahaha

Não pode faltar: localizado a 17 km de Ouro Preto, existe um vilarejo com pouco mais de 1500 habitantes chamado Lavras Novas. É um lugar muito aconchegante com altitude variando entre 1200 e 1300 metros e pode ser um destino tanto romântico como de aventura ou ecoturismo.

Igreja de Nossa Senhora dos Prazeres, Centro, Lavras Novas

Os atrativos de Lavras Novas estão relacionados à natureza e ao ecoturismo. São muitas cachoeiras, mirantes, serras e trilhas para percorrer a pé ou de quadriciclo. São oferecidos serviços como cavalgada, escalada, rapel e trekking. Então leve roupas confortáveis para fazer esses passeios. Falando em roupas, por se tratar de um lugar de grande altitude, sempre leve uma blusinha de frio mesmo se for verão.

  • Feitas as devidas apresentações, vamos ao ROTEIRO!

Fiz esse roteiro para servir como fonte de inspiração para vocês.

Montei dessa forma considerando três informações:

– horários de funcionamento dos lugares;

– proximidade entre os locais;

– tempo necessário para visitação

Estabeleci a ordem de visitação por prioridades do que eu considero mais importante. Por isso, se você tem somente uma tarde faça o roteiro do primeiro dia; se tem dois dias siga os 1º e 2º dias de roteiro e assim por diante. Estruturei dessa forma não porque os outros locais não sejam importantes, mas porque eu considero mais interessante. Espero que o meu roteiro seja inspirador e contribua para a viagem de vocês! Caso tenham dúvidas estou à disposição.

1º DIA: chegada à Ouro Preto (+/-14:00)

Passeio pelo centro

Feirinha de pedra sabão

Igreja de São Francisco de Assis

Café da tarde

Casa dos Contos

Jantar

2º DIA: saída do hotel às 09:00

Igreja do Pilar

Museu da Inconfidência

Almoço

Escola de Minas

Igreja de Nossa Senhora do Carmo

Museu do Oratório

Café da tarde

Retorno para o hotel

Jantar

3º DIA: saída do hotel às 09:00

Mina de passagem de Mariana

Retorno para Ouro Preto

Almoço

Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos

Mina de Chico Rei

Café da tarde

Mirante da Rua Xavier da Veiga

Retorno para o hotel

Jantar

4º DIA: saída do hotel às 08:00 – Lavras Novas (são 17km de Ouro Preto)

Passeio de quadriciclo/cachoeiras

Almoço

Passeio pelo centro de Lavras Novas (o centro pequenininho, com poucos minutos você já viu tudo)

Retorno para Ouro Preto

Retorno para casa

Eu fiz todo esse roteiro a pé partindo da pousada, com exceção da visita à Mina de Passagem de Mariana e a visita a Lavras Novas, pois para ir nesses lugares é necessário transporte. Se você está de carro é tranquilo e seguro para ir. Mas também tem vários serviços de transfers, táxi e o que eu mais recomendo, ônibus! Tem vários horários de ônibus partindo tanto para Mariana quanto para Lavras Novas.

Espero que vocês tenham gostado!

Beijinhos e até o próximo post!

Márcia Botelho

@quandoelavolta

Comments

comments

«

»

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *