As Minas pelo Mundo Rio de Janeiro Teresópolis

Circuito Terê-Fri: o que você não pode perder

Muita gente acha que Rio de Janeiro é sinônimo de praia. É claro, temos praias maravilhosas, não dá para negar – e a gente ama! Mas também temos serra, friozinho, clima de montanha… E para quem não sabe, por aqui na região serrana temos o chamado Circuito Terê-Fri: o trecho de 68km da estrada RJ-130, que liga as cidades de Teresópolis e Nova Friburgo, é cheio de atrações interessantes, que estão todas mapeadas aqui.

LEIA TAMBÉM COMPRAS EM NOVA FRIBURGO

 

No circuito Terê-Fri, você encontra opções de hospedagem (CLIQUE AQUI PARA PESQUISAR), alimentação, atrativos naturais e culturais. Eu percorri o trajeto conhecendo algumas dessas atrações e separei as 5 que achei mais interessantes, caso você não tenha tempo para visitar tudo.

 

CIRCUITO TERÊ-FRI – INDO DE TERESÓPOLIS A NOVA FRIBURGO

 

1. Se refrescar na Cachoeira dos Frades

Cachoeira dos Frades, Circuito Terê-Fri
Essa cachoeira, além de lindíssima, é uma boa pedida para se refrescar e lavar a alma. Ela tem uma queda de água de 10 metros de altura e uma piscina natural deliciosa. Além disso, tem área gramadinha para tomar sol ou fazer um piquenique… Ótima pedida para famílias e crianças se divertirem. Mas se prepare: como na maior parte das cachoeiras, a água é bem gelada!

 

2. Conhecer o Parque Estadual dos Três Picos

Três Picos, Circuito Terê-Fri
O Parque é uma enorme área de preservação ambiental, tão grande que abrange 5 cidades diferentes (Cachoeiras de Macacu, Teresópolis, Nova Friburgo, Silva Jardim e Guapimirim). Você pode só desfrutar do visual incrível dos picos ou se aventurar nas trilhas, travessias e cachoeiras do parque. O lugar é queridinho dos adeptos do montanhismo, então se você for bem aventureiro, pode até escalar os picos: o parque tem estrutura para camping e guias credenciados.

 

3. Almoçar na Casa Suíça

Casa Suíça, Circuito Terê-Fri

A Casa Suíça é um complexo turístico que conta com diversas atrações. Lá funciona a Frialp, uma fábrica-escola de queijos e chocolates, onde você pode conhecer mais sobre o preparo dessas duas delícias suíças. E ao lado, tem uma lojinha onde você pode comprar diversos tipos de queijos e chocolates para saborear em casa. Mas se você não quiser esperar tanto, não deixe de almoçar no Chalet Heidi: o fetuccini aos 5 queijos é maravilhoso!

 

Almoço na Casa Suíça, Circuito Terê-Fri

Na Casa Suíça, você também pode visitar o Memorial da Colonização Suíça, que conta a história da chegada dos imigrantes suíços ao Brasil – e a entrada custa apenas R$1. Além disso, o local tem um galpão inteiro dedicado à venda de artesanato, ótimo para comprar lembrancinhas e itens de decoração para a casa.

 

4. Comprar mel no Apiário Amigos da Terra

Apiário Amigos da Terra, Circuito Terê-Fri

Todo mundo adora mel, além de ser um alimento super saudável, não é? Então, dê uma passadinha no Apiário Amigos da Terra, uma empresa familiar dedicada à apicultura desde 1990. A loja tem à venda os mais diversos tipos de mel produzidos pelo apiário, além de derivados, como xaropes, pães de mel, bombons… O local também conta com um museu super simples, mas engraçadinho e bastante didático, onde as crianças podem descobrir mais sobre o funcionamento das colméias e a produção do mel. Ao fim da visita, você poderá ver algumas caixas-colméias de verdade – mas não se preocupe, é tudo muito seguro!

 

5. Visitar o Jardim do Nêgo – e bater um papo com ele!

Já se aproximando de Nova Friburgo, no Campo do Coelho você pode visitar o artista cearense Geraldo Simplício, mais conhecido como Nêgo. Nos jardins da sua casa, ele exibe suas obras: esculturas enormes feitas à mão, com barro e preservadas com limo. Algumas delas chegam a ter dez metros de altura! As esculturas são bem variadas: tem sapo, bebê, mulher, sereia… São cerca de 20 esculturas, que formam um circuito bem tranquilo. O ponto alto da visita é o presépio, que para a minha surpresa, não tinha o menino Jesus: a manjedoura fica vazia para que os visitantes possam entrar nela.

Jardim do Nêgo, Circuito Terê-Fri

O próprio Nêgo recebe os visitantes em um “museu”, com um acervo fotográfico que mostra um pouco da trajetória dele. Aliás, o Nêgo é uma simpatia: conversa com todos e toca seu violão enquanto conta um pouco da sua história e de como começou o seu incrível jardim – e essas histórias você precisa ouvir pessoalmente! O Jardim do Nêgo fica aberto para visitação de segunda-feira a domingo, das 8h às 17h e a entrada custa R$ 15,00 por pessoa.

 

Jardim do Nêgo, Circuito Terê-Fri

Além dessas atrações que pude visitar, o Circuito Terê-Fri ainda tem muitas outras para você conhecer. Então, já sabe: se o tempo não estiver para praia, suba a serra!




VAI VIAJAR? FAÇA SUA RESERVA AQUI!

Está programando a próxima viagem? Faça sua reserva com nossos parceiros e ganhe descontos incríveis. Além de ajudar o blog a se manter atualizado e não ser taxado a mais por isso.
Hospedagem: AirbnbBooking
Seguro Viagem: Real SegurosSeguros Promo
Aluguel de carro: Rentcars

Comments

comments

«

»

4 COMMENTS

  • Carlos Henrique Machado

    Adorei! estava pesquisando como conhecer Friburgo e visitar o circuito de lingerie, achei excelente.

what do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Pingback: 5 lugares para curtir o inverno no estado do Rio de Janeiro – Na Estrada com as Minas on 30/03/2017
  • Pingback: Compras em Nova Friburgo – a capital da moda íntima – Na Estrada com as Minas on 30/03/2017
  • Pingback: Hospedagem em Petrópolis: Pousada Vila Brasil on 30/03/2017